quarta-feira, 6 de abril de 2011


CAIXINHA CHORONA - HISTÓRIA EVANGELÍSTICA

Laurinha estava contente voltando da escola para casa quando ouviu um choro. Era um choro estranho, que chamou bastante sua atenção, tanto que ela resolveu procurar. - De onde vem este choro? Será um gatinho? Um cachorrinho? Quem sabe um bebê?

E o choro foi aumentando (nesta hora peça para as crianças participarem fazendo o som de choro), aumentando, aumentando... até que para a surpresa de Laurinha, ela viu de onde vinha aquele som.


Era de uma caixinha (para evitar gracinhas nesta hora diga para as crianças que realmente caixa não chora, mas como a história é você que está contando, caixa chora, fala, ri...) - Caixinha, por que está chorando? Diga. Para de chorar... E a caixinha chorona respondeu ainda chorando: -É que a minha dona me jogou fora, buaaaaaaaa. Laurinha pegou a caixinha no colo, limpou a terra que estava sobre ela, deu um abraço e disse: - Pois então agora você é minha, vou levar você para minha casa. Pare de chorar. Colocarei você em meu quarto, bem pertinho de mim. A caixinha parou de chorar, Laurinha enxugou suas lágrimas e as duas foram contentes para casa. Chegando lá Laurinha a colocou em seu quarto, e as duas se tornaram boas amigas. Onde Laurinha ia, levava a caixinha. Ia para escola, levava a caixinha. Ia brincar, levava a caixinha. Ia assistir televisão, levava a caixinha. E assim os dias foram passando. Certa manhã Laurinha percebeu que a caixinha nunca havia sido limpa por dentro. Ela apenas tinha limpado por fora quando a levou para casa. Levantou-se foi até o tanque e pegou água, sabão bucha, para lavar a caixinha por dentro.

Para sua surpresa a caixinha deu um pulo e gritou: - Não!!!!!!! Eu não quero me lavar por dentro, estou bem assim. - Mas, caixinha, você está cheia de coisas sujas e velhas, isso vai acabar estragando você. Deixe de brincadeira que vou te lavar. Mas não havia jeito, a caixinha queria fugir do banho de todo jeito. -Caixinha eu tenho que respeitar tua vontade, mas vou te dizer uma coisa, se você não deixar eu te limpar por dentro,você não poderá mais morar em meu quarto, pois nele não pode existir nada sujo. - Eu quero que você seja minha amiga para sempre, por isso pode me lavar. Eu quero morar para sempre em teu quarto. Laurinha então toda feliz lavou a caixinha por dentro. Ela ficou limpa e cheirosa. Quando Laurinha foi dormir ficou olhando a caixinha e começou a pensar: Eu estou parecendo a caixinha. Ando guardando muita coisa feia em meu coração, E sei que ele tem que estar limpo na presença de Deus. Então orou: - Querido Deus, sei que tenho feito coisas que Te entristecem e deixam meu coração bem sujinho, por isso eu quero Te pedir que venha limpar meu coração. Eu quero ser seu amigo para sempre com a certeza de um dia poder morar no céu bem pertinho do Senhor. Em nome de Jeus,Amém A partir deste dia Laurinha passou a ter seu coraçãozinho bem limpinho, pois quando fazia algo que entristecia o coração de Deus, ela logo pedia perdão. Adaptação de Bauzinho Chorão Pode cantar: Por dentro, fora ,alto, baixo, sempre sou feliz Por dentro, fora ,alto, baixo, sempre sou feliz Aqui Jesus entrou Meu coração limpou. Por dentro, fora ,alto, baixo, sempre sou feliz

Nenhum comentário: