sábado, 8 de setembro de 2012

FIGURA  1
Havia chegado o momento de entregar os dízimos e ofertas no culto da igreja. Uma menina olhava para a elegante mulher que estava sentada ao seu lado que buscava ansiosamente por algo dentro de sua bolsa. O que a menina não sabia é que a mulher estava buscando a menor moeda dentro da bolsa para ofertar; deixando de lado as notas altas.
FIGURA 2
Como a mulher não encontrou a moeda, fechou a bolsa e colocou as mãos em forma de oração, simulando que estava orando bem na hora que um irmão passava recolhendo as ofertas.
A menina pensou:
-Ninguém deve ficar sem dar ofertas ao Senhor! Coitada desta senhora, talvez não tenha dinheiro para ofertar. A menina ficou com muita pena dela
FIGURA  3
A criança tinha trazido de casa sua oferta em um envelope. Durante a semana ela sempre juntava as moedas e separava o dizimo do que os seus pais lhe davam. Ela amava entregar ofertas ao Senhor.
Então com muita compaixão, a menina se aproximou da mulher, estendeu o envelope que levava em sua mão, e cochichou no ouvido da mulher:
- Senhora, pegue por favor este envelope e coloque-o na cesta de ofertas. Eu sei o quanto é triste não ter nada para entregar ao Senhor! Ele é tão bom com a gente e cuida de nós com tanto amor! E Deus ama quando ofertamos com alegria!
FIGURA  4
Isto comoveu profundamente a aquela elegante senhora e fez com que enxergasse a sua avareza e falta de amor ao Senhor.
- Não minha filha, obrigada! Entregue a sua oferta que eu entregarei a minha! –Então voltou a abrir a sua bolsa e deu uma oferta de um valor significativo, e de todo coração. Naquele dia a mulher aprendeu uma grande lição de uma pequena criança.


Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
Meu nome é: António Batalha.
Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
PS. Se desejar seguir o meu humilde blog, Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir, se encontrar seu blog.